Papai e Mamãe Noel levam presentes a crianças no Hospital Regional de Marabá

A noite desta sexta-feira (23), antevéspera de Natal, foi especial para as crianças internadas no Hospital Regional do Sudeste do Pará Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá. O Papai Noel visitou a instituição e entregou brinquedos doados por colaborares, para cerca de 30 crianças da unidade.

Internado há quatro dias no hospital público, o pequeno Jhonny Santos da Silva, de cinco anos, recupera-se de um procedimento cirúrgico. Jhonny comemorou a visita do bom velhinho e ficou emocionado em seu primeiro encontro com o Papai Noel.

“Estava aguardando muito a chegada dele. Ele veio acompanhado da Mamãe Noel, e acertou o que eu queria ganhar de presente! Bem que a minha mãe me falou que ele conhece todas as crianças”, comemorou o pequeno.

Laura Moura da Silva, de cinco anos, está internada há 10 dias e se recupera de procedimento cirúrgico na unidade. A criança ficou encantada com a visita do Papai Noel e sua trupe. Laura desejava ganhar uma boneca de presente e conhecer de perto a Mamãe Noel, que ela, até então, só tinha visto pela TV.

“Eu já conheço o Papai Noel, já somos amigos. Mas foi a primeira vez que vi a Mamãe Noel, ela é linda! Eles trouxeram uma boneca de presente, gostei muito, tirei várias fotos com eles”, explicou a pequena.

Flávia Fernandes, analista de Humanização do HRSP, explicou que a iniciativa foi promovida pela Comissão de Humanização, com o apoio de voluntários do grupo teatral “Filhos de Francisco”, projeto chamado “Natal Encantado”, da Paróquia São Francisco, de Marabá.

“Foi um momento maravilhoso, as crianças ficaram muito empolgadas e os adultos ficaram felizes em presenciar essa visita do Papai Noel. Gostaria de agradecer a todos os colaboradores e voluntários que realizaram a doação dos presentes, e que dedicaram seu tempo a tornar essa data ainda mais especial às crianças internadas”, destacou a profissional.

A analista explica, ainda, a importância da ação no processo de recuperação das crianças internadas. “Nessa época, as pessoas costumam se reunir com a família em casa, e quem está no hospital não terá a mesma oportunidade. Por isso, a ação surge como uma oportunidade de quebrar a rotina hospitalar, aliviando o estresse causado pela internação”, explica Flávia.

Referência – O Hospital Regional do Sudeste do Pará é a única unidade da região a dispor de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) exclusivas para recém-nascidos, crianças e adolescentes. São nove leitos de UTI Neonatal, nove de UTI Pediátrica, além de 11 leitos de enfermaria disponíveis para cuidados intermediários pediátricos.

A unidade presta atendimento 100% gratuito, por meio do SUS (Sistema Único de Saúde), sendo referência para mais de 1 milhão de pessoas residentes em 22 municípios da região.