Hospital Regional de Marabá e Departamento Municipal de Trânsito se unem para a redução de acidentes nas estradas

O Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP) foi um dos pontos volantes da campanha promovida pelo Departamento Municipal de Trânsito e Transporte Urbano de Marabá (DMTU), com o objetivo de alertar a população sobre a necessidade de atenção nas estradas durante o Carnaval.

O autônomo Elismar Souza participou da ação enquanto aguardava a chamada para a consulta com o cardiologista no Hospital Regional de Marabá. “Achei muito positiva a orientação, porque mostra que coisas simples causam a maioria dos acidentes. Se amamos a nossa vida, precisamos estar atentos”, comentou o usuário.

Segundo o agente Rodolfo Costa, a inclusão do HRSP na programação se deve, principalmente, ao fato de que a Unidade é quem recebe a maioria das vítimas de acidentes em estado grave na região. “No Hospital, a gente vê que os números não mentem. Há muitos leitos com vítimas de trânsito e, em muitos casos, os acidentes poderiam ser evitados”, afirmou. Atualmente, as principais causas de acidentes no trânsito em Marabá são: falta de atenção, utilização de celular ao volante, consumo de bebida alcoólica e o não uso de equipamentos de segurança, como cinto de segurança e capacete.

A parceria com o DMTU também marcou a primeira edição de 2019 do “Direção Viva: Você Consciente, Trânsito mais Seguro!” em Marabá, um programa contínuo de promoção de ações de educação em saúde, voltadas à conscientização sobre as sequelas oriundas de traumas por acidentes de trânsito. O projeto é desenvolvido desde 2016 nas unidades públicas do Pará gerenciadas pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

“O ‘Direção Viva’ é uma estratégia que tem ajudado a diminuir os índices de acidente na região, junto com ações realizadas por outras instituições públicas e privadas. O programa é desenvolvido a partir de rodas de conversa, exposição, memorial, palestras e blitzes educativas que abrangem usuários ambulatoriais, pacientes, acompanhantes, colaboradores e a comunidade em geral”, explica a analista de Humanização no Hospital Regional de Marabá, Flávia Fernandes.

Referência em trauma de média e alta complexidades, o HRSP atendeu 106 vítimas de acidentes de trânsito somente em janeiro de 2019, o equivalente a 21,5% do total de pacientes admitidos no mês.