Saiba como celebrar o Carnaval sem prejudicar a saúde

DCIM100MEDIADJI_0019.JPG

As dicas para os foliões são do Hospital Regional do Sudeste do Pará, em Marabá

 O Carnaval é um período de festa e, em alguns casos, de excessos. Para garantir a saúde dos foliões, o Hospital Regional do Sudeste do ParáDr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá (PA),traz algumas dicas de prevenção e orienta sobre os principais riscos nesse período de alegria e celebração no início do ano.

De acordo com o médico do Hospital, Cassiano Barbosa, o exagero no consumo de bebidas alcoólicas, exposição solar e noites em claro trazem resultados graves para a saúde, como a desidratação, insolação, vômitos, desmaios, inflamação do fígado, entre outros.

“Quem participar da festa deve ingerir bastante água, evitar ficar exposto diretamente ao sol, usar protetor solar para os lábios, utilizar o preservativo, usar roupas leves e confortáveis, não exagerar nas bebidas energéticas, tentar dormir bem, além de estar com as vacinas em dia e comer de 3h em 3h horas”, ressalta.

Para o médico, que atua como diretor técnico do Hospital Regional de Marabá, unidade do Governo do Estado e gerenciada pela Pró-Saúde, é necessário seguir as orientações para evitar esses problemas e aproveitar com mais qualidade os dias de festa.

Dicas de saúde para os foliões

– Usar preservativo em todas as relações íntimas, Além de prevenir uma gravidez indesejada, evita infecções sexualmente transmissíveis, como sífilis, herpes genital e HIV;

– Cuidado ao beijar pessoas desconhecidas, pois o beijo pode transmitir doenças como herpes labial, candidíase, mononucleose, cárie e gengivite, a última é uma inflamação nas gengivas que causa dor e sangramento;

– Beber bastante água ajudao corpo a se manter hidratado, evitando ressecamento e queimaduras na pele, insolação, mal-estar, tonturas, além de reduzir os sintomas da ressaca ao ingerir bebidas alcoólicas, pois a água ajuda a eliminar o álcool do organismo;

– Comer a cada 3 horas ajuda a manter a energia do corpo e repõe vitaminas e minerais. Fazer pequenos lanches com frutas frescas, vitaminas, sanduíches ou bolachas ajuda a manter o corpo bem nutrido e preparado para aproveitar os dias de festa;

– Manter as vacinas em dia é importante porque durante o Carnaval, é comum acontecerem acidentes com garrafas de vidro ou objetos de metal quebrados na rua, que são fontes da bactéria do tétano;

– Cuidado com as aglomerações de pessoas, que facilitam a transmissão de doenças como viroses e sarampo. Mantenha sempre a carteira de vacinação atualizada como importante aliada contra essas doenças.

O Hospital Regional do Sudeste do Pará é referência em atendimento de média e alta complexidades para 22 municípios paraenses.

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 23 cidades de 12 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.